Terça-feira, 17 de Março de 2009

                Á quem diga que vizinhos
                São amigos são leais
                Confesso não acredito
                Estão pertinho de mais

 

                Quando eles falam conosco
                Para eles somos os maiores
                Nós viramos nossas costas
                Passamos a ser os piores

 

                Dizem gostar de ajudar
                Dizem para nós a sorrir
                Quando a ajuda é precisa
                São os primeiros a fugir
       
                Com inveja de vizinho
                Não cresce a minha horta
                Eu quero ver a inveja
                Bem longe da minha porta
                               
                Vizinhos ao pé da porta
                Quando não  sejam leais
                Bom dia uma vez por dia
                Já é conversa de mais


                       

António  Assunção

tags:

publicado por ala-goulinho-poemas às 19:28
mais sobre mim
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes
pesquisar neste blog
 
Música para sonhar
blogs SAPO